Textos

O caminho // A andarilha

[Silvia]
Existe no meu destino
um caminho...
jamais predeterminado
por divindades superiores
ou por medos interiores...

[Abraxus]
Existe no teu destino
a beleza...
de saber o que é amado;
o olho de um verdadeiro “Deus”
vasculhando seu próprio significado.

[Silvia]
Existe no meu destino
um caminho...
escolhido por mim,
rebentado no meu feitio de amar,
onde ao ódio não restou lugar...

[Abraxus]
Existe no teu destino...
o sonhar...
a capacidade de ser sonho
ou tornar-se pesadelo;
tudo pela expressividade de teu olho.

[Silvia]
Existe no meu destino
um caminho...
escolhido por mim,
resistente às invejas mundanas,
imune ao vício das soberbas caravanas...

[Abraxus]
Existe no teu destino
a verdade...
ser dama ou vaga sombra fria:
sabeis a alma por completo;
és notável rosa, com petálas de alegria.

[S] Nesse caminho trafego... a pé... altiva!

[A] Em tua alma encontras-te... Sol... Estrela,
- a iluminar o teu caminho.
Sílvia Mota a Poeta e Escritora do Amor e da Paz, Sílvia Mota e Abraxus
Enviado por Sílvia Mota a Poeta e Escritora do Amor e da Paz em 10/10/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários


Imagem de cabeçalho: jenniferphoon/flickr